16/04/2017

Desceu de seu trono, veio para a terra para que hoje fossemos um


Cada um tinha escolhido seu próprio caminho, desviaram e se perderam,
já a não sabiam quemparec, parecia nosso fim
Por nós desceu de seu trono. Como cordeiro veio e serviu como sacrifício vivo. 
Tomou nossas dores, foi ferido, sofreu em nosso lugar.
 Carregou nossa cruz, um peso que nunca poderiamos suportar. No madeiro foi pregado, entregaram uma coroa de espinho.
Sangrou,chicotearam
E foi amor por você, Ele se entregou simplesmente por amor pra que hoje tivesse salvação.
Deu seu último grito "esta consumado" e cessou seu respirar
Nós libertou da escravidão, venceu a morte, para que hoje fossemos um com Ele.
Ao voltar para a terra no grande diaCada um tinha escolhido seu próprio caminho, desviaram e se perderam, parecia o fim.
Ja não sabiam quem eram.
Por nós desceu de seu trono. Como cordeiro veio e serviu como sacrifício vivo. 
Tomou nossas dores, foi ferido, sofreu em nosso lugar.
 Carregou nossa cruz, um peso que nunca poderiamos suportar. No madeiro foi pregado, entregaram uma coroa de espinho.
Sangrou,chicotearam
E foi amor por você, Ele se entregou simplesmente por amor pra que hoje tivesse salvação.
Deu seu último grito "esta consumado" e cessou seu respirar
Nós libertou da escravidão para que hoje fossemos um com Ele.
Ao voltar para a terra no grande dia, buscará seus filhos. E viveram com o Pai.



Nenhum comentário:

Postar um comentário