14/08/2017

Volte ao primeiro amor e plante um jardim em seu lugar secreto aonde Deus irá te procurar


“O teu amor já não é o mesmo como no princípio.” (Apocalipse 2:4). Você se lembra do que primeiro amor? Aquele dos tempos de crianças ou adolescência? Bem, eu me lembro do meu. Quando o vejo na rua com a mulher e os dois filhos eu fico rindo comigo mesma, pensando que ali poderia ser eu, mas no fundo eu sei que não me encaixaria a um casamento e maternidade no inicio da juventude, e agradeço aos céus por ele ter partido meu coração e ficado com outra menina. Mas o primeiro amor é inocente e não imagina viver longe daquela pessoa. Você a quer, a deseja ardentemente, e tem uma paixão que queima o coração e só quer ficar próximo a ela, conversando o dia todo e fazendo tudo juntos. O primeiro amor não mede esforços para agradar o outro, quase não existe insegurança e timidez, e o maior medo é de perder a pessoa. No entanto, a maioria dos casos de primeiro amor são temporários e passageiros, e lá se vão a inocência, a ousadia e a paixão. Restando memórias que fazem chorar ou rir, como aconteceu comigo.

Mas esse caso de primeiro amor que falei acima é na verdade o segundo amor, porém ninguém nunca o trata assim, pois o amor do principio de tudo é esquecido até por quem diz viver para ele. O primeiro amor é aquele que havia antes da fundação do mundo. O Amor nos amou primeiro e nós somos o seu primeiro amor, mas Ele nunca deixou o amor que havia no princípio, o amor que tinha naquele Jardim. Pois havia um lugar chamado Éden e nele Deus planou um jardim para florir na vida de Adão e Eva. Mas antes de Eva havia somente Adão por um tempo que não sei se foi breve ou longo, porém posso afirmar que ele ficou um tempo sem outro ser humano ao seu lado. No entanto, esse homem não estava só, pois ele foi amado primeiro e o Amor estava todos os dias ao seu lado. O Deus que é Amor o criou para si mesmo, para o relacionamento e por isso que digo que o amor que há entre uma menina e um menino é o segundo amor, pois o primeiro aconteceu no Jardim.

E Adão que foi criado para o relacionamento passou um tempo apenas com Deus. O Senhor não apenas falava com Ele, mas andava pelo Jardim, pois quando Adão pecou os passos de Deus foi ouvido enquanto Ele procurava o pecador. Mas Adão abandonou o primeiro amor quando mordeu o fruto que Eva lhe deu, então ambos, homem e mulher, deixaram o amor que havia no principio. Eles que deviam viver com o coração ardendo de paixão causada pelo primeiro amor. Eles que andavam ao lado de Deus pelo Jardim e conversavam sobre tudo. Eles deixaram o primeiro amor por desejar ser como o Deus que é Amor, quando eles próprios já eram imagem e semelhança Dele, porém para eles não foi o bastante. Acabaram sendo jogados para fora do Jardim, levados para longe Daquele que lhes deu tudo de que precisavam, mas no fundo eles estavam insatisfeitos e quiseram mais, pois para eles o amor que havia não fora o suficiente para fazê-los dizer não a proposta da serpente.

O amor que era inocente, que era sem pecado, sem macha, se desfez. O Adão criado para o relacionamento feriu o motivo de sua existência ao abandonar o primeiro amor. Mas quantos de nós não deixamos o primeiro amor por alguma ilusão que o mundo nos oferece? E nem é preciso estar afastado da igreja para abandonar esse amor, pois dentro dos templos existem corações frios que não amam mais como no principio. Porém, o Espirito Santo está dizendo que devemos voltar ao primeiro amor. Devemos restabelecer o nosso relacionamento com Deus, levantarmos de onde caímos e voltarmos a origem de quem nós éramos no Jardim. Pois Ele nos chama para perto, quer conversar conosco na viração do dia, deseja andar ao nosso lado enquanto dizemos o que sentimos e ouvidos o que Ele pensa. Mas se relacionar com Deus não é somente sobre ir a cultos, evangelismos, círculos de oração, shows ou outros tipos de reuniões religiosas, pois Ele quer ir mais fundo que isso. Deus quer algo mais íntimo, mais próximo de nós como era com Adão, algo que seja apenas você e Ele, sem a interferência de alguém ou algo.

Que possamos fazer de nosso quarto um Éden e plantar nele um Jardim que será secreto. Que sejamos Adão como no principio de tudo, antes de Eva, antes da serpente. Eva nesse caso simboliza as outras pessoas, pois é necessário estarmos a sós com o Pai, ou mesmo que haja pessoas a nossa volta que possamos concentrar o nosso espirito Nele ao pondo de sermos Um. É renunciar nossos pecados e voltarmos a inocência. É sobre não ter vergonha de quem nós somos, mas nos despirmos dos nossos medos, receios e fraquezas, deixando o coração nu. É ficar ali mesmo que nos ofereçam frutos proibidos com promessas de algo melhor do que temos com Deus, mas dizermos que Ele é o suficiente e que não queremos ser nada além do que já somos, pois somos filhos e nosso Pai nos amou de tal maneira que deu seu único Filho para morrer em nosso lugar na cruz. E que se torne rotina entrarmos no Jardim já esperando ouvir a voz e os passos de Deus nos procurando em nosso lugar secreto. Que não nos escondamos porque reconhecemos os nossos pecados, mas que possamos ir até Ele para pedir perdão.

Porque Deus quer resgatar em nós o amor que se perdeu. Então que possamos ir além do evangelho raso que as pessoas pregam por aí. Ele quer que sejamos filhos que sabem o que há no coração do Pai, e não adoradores que com os lábios louvam, enquanto suas mentes estão longe de Deus, e também que não sejamos servos que respeitam as ordens do seu Senhor por medo de receberem castigos. Mas que sejamos filhos que servem o Pai com amor e não que peçam a parte de sua herança para irem embora. Filhos que adoraram o Pai porque sabem o quão bom Ele é e só conseguem lhe dar agradecimentos, honra e glória. Filhos que amarão o Pai como no principio de tudo, que voltarão ao primeiro amor que nos diz que existimos para o relacionamento, pois nós fomos feitos apenas para a adoração, mas, sobretudo, para sermos amados e para darmos amor a Ele, e esse amar é a mais bela adoração. Mas infelizmente há muitos ‘Adões’ que amam mais as ‘Evas’ do que amam o próprio Deus. Estão tão focados em se relacionarem uns com os outros ou a buscarem tais relacionamentos humanos que transformam o primeiro amor em segundo ou terceiro.

Sendo mais comum as pessoas irem até Jesus para lhe pedirem uma companheira ou companheiro porque se sentem sozinhas e querem compartilhar a vida, ir a lugares especiais ao lado de seus futuros cônjuges e construírem uma família, do que ir até Jesus para se relacionarem com Ele e pedirem para conhecê-Lo melhor. E Jesus na sua tamanha graça, misericórdia e amor lhes dar alguém para se relacionarem. Ou eles nem esperam Jesus lhes dar uma resposta sobre o assunto e já começam uma relação que pode dar certo ou gerar muitos machucados. Mas Jesus não quer nos negar alguém, pois se Ele deu Eva a Adão é porque Ele tinha um propósito nos relacionamentos entre as pessoas, e não apenas entre o homem e Deus. Porém o problema estar em priorizar e buscar somente a relação entre pessoas seja em amizade, familiar, profissional ou romântico, e deixar Deus como o último amor e não como o primeiro onde Ele deveria estar.

O nosso erro estar em colocar pessoas ou coisas no lugar reservado para Deus em nosso coração, quando Ele colocou a eternidade em nós para termos sede, fome e vontade de nos relacionarmos com Ele. Para sermos um com Ele antes de sermos uma carne com um cônjuge. Então que possamos voltar ao primeiro amor. Que voltemos a ler, meditar e estudar a Bíblia Sagrada como fazíamos antes. Que possamos sair de casa para irmos aos cultos depois de ter tido o nosso culto individual o dia todo ao O adorarmos em Espirito e em verdade. Que possamos perder novamente o medo de falar Dele para as pessoas e que possamos deixar a paixão por Cristo arder, incendiar e queimar nossos corações. Que deixemos sermos usados nos dons que Ele nos presentou e que sejamos membros presentes, constantes e trabalhadores no corpo que é a igreja. Mas que principalmente possamos nos relacionar com Deus, Jesus e o Espirito Santo todos os dias em nosso lugar secreto que é aquele lugar especial e reservado onde afastaremos qualquer interferência para nos focarmos Nele.

E que essa seja nossa oração sobre voltarmos ao primeiro amor:


“Pai nosso que estais nos céus, me leve de volta ao primeiro amor. Me leve ao momento antes de Eva aparecer; antes de a serpente me enganar; antes do fruto eu morder; antes de me expulsar para fora do Jardim; antes dos querubins protegerem a Árvore da Vida de mim. Mas como diz certa canção: o orgulho me tirou do Jardim, Jesus, mas a sua humildade colocou o Jardim dentro de mim. E te peço neste momento para colocar de volta o Jardim em mim, para me fazer voltar a te amar antes de eu amar qualquer outra pessoa, antes de me entregar as obrigações da vida e antes de eu perseguir os objetivos que o mundo me dá. Eu quero sentir o amor que havia entre o Senhor e Adão. Eu quero conversar contigo e caminhar ao seu lado todos os dias. Me deixe ouvir sua voz, me deixe ouvir os teus passos. Eu quero te encontrar no Éden que será meu quarto e peço que coloque humildade em mim para Nele plantar seu Jardim. Venha ao meu encontro no meu lugar secreto. Venha falar comigo, eu sinto sua falta, eu tenho saudades de como éramos amigos antes de todo o resto começar a importar mais na minha vida. Quero reatar a nossa amizade e devolvo a Ti o seu lugar paterno em meu coração, então venha novamente ser meu Melhor Amigo e Pai. Venha me encontrar, pois estou te buscando depois de tanto tempo que eu saí do Jardim. Estou tentando voltar a sentir o amor que me trouxe a existência e tentando me convencer que sem Ti não vale a pena viver, já que eu existo e vivo porque o Senhor um dia sonhou comigo e fez todo um Universo para me abrigar, mas quero morar em Ti, em teus braços de amor e deixar que o Senhor me ame como no princípio. E me fortaleça para que eu não abandone o primeiro amor novamente e que não te troque por nada desse mundo.”


Escrito por: Tatielle Katluryn

Deixe algo nos cometários, pode ser uma crítica, sugestão, elogio ou qualquer outra coisa. Vou adorar receber <3 


Quer conversar sobre algo que sentiu em relação ao texto? Desabafar, pedir ajuda, receber conselhos? Só entrar em contato.

Nenhum comentário:

Postar um comentário